A obesidade canina é, assim como para os seres humanos, um ponto de preocupação, pois pode acarretar diversos problemas para o seu pet. 

Leia o texto e saiba como identificar obesidade em cães e o que fazer para evitá-la!

Como diagnosticar obesidade canina?

Saber com exatidão se o cachorro está obeso é uma tarefa muito difícil. Portanto, fazer uma visita a um veterinário antes de tomar qualquer providência é essencial quando o assunto é obesidade canina.

O método utilizado pelos veterinários para descobrir esse problema é o ECC, ou Escore de Condição Corporal, onde são avaliadas as características corporais do pet, com base na inspeção e palpação da camada de gordura corporal, empregando uma escala específica para definir se o peso do cão é normal ou é um caso de obesidade. Para isso, são utilizadas métricas de 1 a 10. Confira:

OBESIDADE-CANINA_Escore de Condição Corporal

Apesar do diagnóstico preciso ser possível apenas com uma consulta veterinária, existem alguns sinais de obesidade que podem ajudar a identificar o problema no seu pet!

Confira:

Caso o seu pet apresente esses sintomas, talvez seja a hora de encaminhá-lo para o veterinário, já que podem estar relacionados com a obesidade em cães!

Quais problemas são acarretados por conta da obesidade canina?

Como dito anteriormente, uma situação de obesidade, assim como acontece nos seres humanos, pode trazer inúmeros problemas de saúde aos cães. Entre eles, estão:

1-     Problemas nas articulações e, principalmente, de locomoção;

2-     Aumento do triglicérides e colesterol no sangue;

3-     Dificuldade para respirar;

4-     Displasia coxofemoral;

5-     Prisão de ventre;

6-     Doenças ósseas;

7-     Doenças hepáticas;

8-     Outros!

Além disso, como os cães são extremamente ativos e brincalhões, o sedentarismo e, consequentemente, a obesidade canina, podem acarretar também em problemas psicológicos, diminuindo consideravelmente a qualidade de vida dos animais.

Obesidade canina: como evitar?

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, não há segredo para evitar a obesidade nos cachorros. Investir em uma alimentação saudável e balanceada, além de procurar fazer com que seu pet faça exercícios rotineiros ao invés de passar todo o tempo em casa, devem ser o suficientes para evitar o aumento de peso do seu cachorro.

Meu cão já sofre de obesidade canina. Como tratar?

Se o seu cão já sofre com obesidade, assim como dito anteriormente, fazer visitas regulares ao veterinário é essencial para receber as recomendações adequadas que, na grande maioria das vezes, se resume a fazer uma dieta adequada e promover a prática de exercícios físicos leves. Em alguns casos, também pode ser solicitada a ida a um fisioterapeuta especializado! Mas esse acompanhamento especializado é importante para definir um tratamento individualizado para cada cachorro.

Seu cão está com obesidade e você precisa de ajuda?

Esperamos que as nossas dicas sejam úteis para melhorar a saúde de seu pet! Mas se você percebeu que precisa de uma orientação mais específica para o seu caso, entre em contato com a Inova Hospital Veterinário, e agende uma consulta com nossa equipe especializada, que conta com endocrinologistas, nutrólogo e toda a infraestrutura para o tratamento de obesidade em cães

Obesidade canina como evitar e cuidar desse problema