Cachorro com alergia: como identificar e tratar | Inova Veterinária

Cada vez mais é comum ver cachorro com alergia e donos aflitos querendo ajudar e tratar de seus fiéis amigos. Continue lendo este artigo e entenda como pode identificar a alergia e como tratá-la se o seu cachorro apresentar os sintomas. Assim como nós, seres humanos, a alergia é uma das principais causas de visitas e consultas com médicos. E assim como acontece conosco, essas alergias podem ser disparadas por uma infinidade de fatores que estão por todo ambiente onde convivemos.

Como identificar cachorro com alergia

Para entender a alergia em um cachorro é preciso, primeiramente, saber o que é e quais são as suas causas. Alergia (ou dermatite alérgica) é a reação que ocorre no sistema imunológico do cachorro quando ele entra em contato com alguma substância que o seu corpo “não gosta”.

Um cachorro pode desenvolver alergia a diversos elementos, sendo os mais comuns: ração, leite, picadas de pulga, carrapatos e produtos de higienização.

Além disso, a reação alérgica pode ser hereditária, portanto, algumas raças de cachorros são mais propensas a alergias, como Lhasa Apso, Pug, Shih tzu, Poodle, Yorkshire, Bull Terrier, Bulldog Inglês e Francês, Dálmata, Golden Retriever, etc.

cachorro com alergia

Esta predisposição por raças acontece por causa do cruzamento de animais já predispostos a ter alergias. Portanto, cachorros com alergias hereditárias não devem procriar, para assim evitar a disseminação do gene.

Sintomas em cachorros com alergia

Sintomas como coceira intensa, inflamação local, feridas e queda de pelos são os mais comuns para identificar que o cachorro está com alguma alergia. Geralmente, o local mais afetado do corpo do cachorro é a cauda.

Outro sintoma facilmente percebido é o fato de os olhos terem secreção e também existir inflamação nos ouvidos, que pode ser identificada com o hábito intenso do cão coçar as orelhas. Observe também se o cachorro está se lambendo demais.

Ao identificar a possibilidade de o seu cachorro ter alergia, leve-o rapidamente ao médico veterinário para um exame e diagnóstico exato.

Tratamento para cachorros com alergia

O primeiro passo para o tratamento é submeter o cachorro com alergia à uma consulta veterinária. Lembre-se que, normalmente, a alergia não tem exatamente uma cura definitiva, mas ela pode ser controlada para que o cachorro tenha uma vida normal, saudável e sem desconfortos da alergia.

A aplicação de shampoos especiais, a alimentação com rações específicas e deixar o cão sem contato com os elementos que causam a reação alérgica são métodos eficientes para que ele não tenha mais crises alérgicas.

O tratamento sintomático da alergia normalmente é realizado com o uso de antialérgicos e corticoides ou corticosteroides, mas o indicado é identificar a causa da alergia para um tratamento mais duradouro e efetivo, que cause menos efeitos colaterais, por isso procure sempre um médico veterinário e se necessário um médico veterinário dermatologista.

No caso de intolerância alimentar, a primeira providência é a eliminação dos alimentos que causam o desconforto e a possível introdução de ração hipoalergênica na dieta do cão. O uso de vitaminas, Omega 3 e Omega 6 (ácidos graxos, ou gorduras, usados para o alívio da coceira) e banhos com água mineral são complementos que podem ser prescritos pelo veterinário.

cachorro com alergia

Alergia pode ser Atopia

atopia é uma doença alérgica crônica, de origem genética e incurável e costuma atingir a pele dos cachorros, geralmente dos que vivem em centros urbanos e principalmente os de pequeno porte, raça pura e que vivem em apartamento.

A pele do cachorro com atopia apresenta uma falha na função de barreira protetora, assim sofre com perda de água, o que torna a pele do cachorro mais ressecada, assim facilitando a entrada de agentes alérgenos ambientais.

O principal sintoma de atopia é a coceira intensa e se há muitalambedura ou mordedura nas patas, pele e pelagem, por isso é importante observar o comportamento do cãozinho. Outros sintomas da atopia podem ser a vermelhidão da pele, descamação, queda de pelo escurecimento da pelagem e cheiro forte.

Se você perceber estes sinais, leve seu cachorro ao veterinário o mais rápido possível para o tratamento adequado.

Um cão saudável e feliz depende de você e dos cuidados que você tem com ele!

Fonte: Geração Pet