Hábitos Alimentares de Gatos | Inova Veterinária

Gatos têm hábitos alimentares bem particulares. Quando falamos em ingestão de água comparadas aos cães, gatos ingerem bem menos água. Acredita-se que a baixa ingestão de água se deve à evolução da espécie, sendo que seus ancestrais habitavam o norte da África, uma região com escassez de água, com isso seu organismo se adaptou a conservá-la.

O aumento da ingestão hídrica pode ser feita pelo fornecimento de água limpa e fresca e com fontes de águas correntes. Mesmo assim, a ingestão hídrica de alguns animais fica abaixo de suas necessidades, portanto o alimento úmido fornece água e tem nutrientes fundamentais para animais sadios e doentes.

Os alimentos úmidos são separados em duas categorias: alimentos completos e petiscos. Os alimentos úmidos são mais palatáveis e digestíveis que o alimento seco, e possuem menos quantidade de carboidrato que alimentos secos.

A utilização de alimento úmido de forma única ou em parte da alimentação de gatos é uma ótima maneira de estimular a ingestão hídrica destes animais, em média os alimentos úmidos possuem 75% de água e os alimentos secos cerca de 6% a 10%.

Alimentos úmidos podem ser oferecidos a animais sadios ou doentes, como é um alimento mais palatável pode ser usado em casos de anorexia e hiporexia.

 

Alguns mitos e verdade sobre o alimento úmido:

Leva a formação de tártaro: pois tem ação química que evita a formação das placas bacteriana nos dentes o trato.

É mais calórico: alimento com mais de 75% de água, com isso não tem mais caloria.

Só deve ser dado a animais doentes: pode ser dado a todos os animais, temos uma linha completa.

 

Fonte: bob.geracaopet.com.br