Limpeza de Tártaro – O Que é Polimento Dentário? Precisa de Anestesia Geral? | Inova Veterinária

A doença periodontal acomete 80% dos cães e gatos, sendo a principal afecção oral na clínica de pequenos animais. Ela tem seu inicio com o acúmulo de placa bacteriana, que é uma película que se adere à superfície dentária. Com o passar do tempo, ela se mineraliza, formando os cálculos dentários ou tártaro. O tártaro, já não pode ser removido apenas com escovação simples, por isso é necessário recorrer ao dentista veterinário para realizar uma raspagem, seguida de polimento dentário. A raspagem dentária é realizada com curetas ou ultrassom, e deve ser feita de maneira cuidadosa e detalhada. Feita a raspagem, o próximo passo é o polimento dentário, que é obrigatório na profilaxia periodontal.

É importante realizar o polimento por uma simples razão: durante a raspagem, existe a formação de pequenas ranhuras na superfície dentária, e o polimento tem o objetivo de alisar estas ranhuras. Na falta deste procedimento, o cálculo tende a se acumular MUITO mais rápido. Quando se instala uma doença periodontal severa, ocorre uma grave destruição dos tecidos de sustentação dos dentes e uma consequente perda dos mesmos, além do fato de que bactérias presentes na boca conseguem cair na circulação sanguínea, atingindo órgãos vitais como coração, rins e fígado.

Nos procedimentos de odontologia veterinária é necessário o uso de anestesia geral, já que dependemos que o animal esteja constantemente imóvel, com a boca aberta, e sem estímulo de deglutição. A anestesia mais indicada nestes casos é a anestesia geral inalatória, a mesma utilizada em humanos, o que nos possibilita realizar um procedimento mais seguro e eficaz.

Para tais procedimentos, exija sempre a presença de um odontologista e um anestesista veterinários, e certifique-se de que será realizado o polimento dentário após a retirada dos cálculos!