fbpx

Hospital Veterinário 24h

Resultados de Exames

Piodermite canina: saiba tudo sobre essa doença

Piodermite canina: saiba tudo sobre essa doença

Você notou que o seu amiguinho anda se coçando muito e até mesmo apresenta algumas feridas em sua pele?

Esse problema pode ser a piodermite canina, uma infecção bacteriana muito comum entre os cães. 

E para esclarecer as dúvidas mais comuns entre os tutores, preparamos um texto completo sobre o assunto. Continue lendo e entenda. 

O que é piodermite canina?

A piodermite bacteriana canina, como o próprio nome já diz, é uma infecção  causada por bactérias que atinge a pele dos cães. 

A doença costuma ser classificada por sua profundidade: piodermite superficial e  piodermite profunda. Entenda cada uma:

Piodermite superficial: afeta a camada externa e superficial da pele, um exemplo é a foliculite (popularmente conhecida como pelo encravado);

Piodermite profunda: neste caso, atinge camadas mais profundas da pele, podendo chegar até a última camada, a hipoderme. Pode ter a participação de outras bactérias e apresentar abcessos.

Piodermite canina passa para humanos?

Uma dúvida bastante comum:  a piodermite canina é contagiosa ou  pode passar para humanos?

Pode ficar tranquilo(a): a piodermite canina não é contagiosa e não pode ser transmitida para outros pets e nem mesmo para humanos. 

Piodermite canina: causas 

O que muita gente não sabe é que a piodermite tem como motivo uma bactéria já comum no organismo dos cães: a Staphylococcus pseudintermedius.

Porém, isso não quer dizer que todos os pets apresentarão esse problema, porque, normalmente, essa bactéria costuma ser inofensiva. 

Então, você provavelmente deve estar se perguntando: o que causa a piodermite canina?

Uma das causas mais comuns é quando o sistema imunológico do seu amiguinho está comprometido, havendo um crescimento anormal dessa bactéria, causando a infecção. Ou seja, essa doença se torna uma consequência de outro problema que já estava afetando o cão. 

Todavia, essa não é a única causa, conheça outras:

  • Fungos;
  • Dermatite atópica;
  • Doenças parasitárias transmitidas por pulgas e carrapatos;
  • Doenças endócrinas, como hipotiroidismo e diabetes;
  • Casos em que o pet já tem quadros de hipersensibilidade ou de seborreia, favorecendo a presença de infecções, dentre outros.

Piodermite canina: sintomas

Dentre os principais sintomas nos cães, podemos citar:

  • Queda de pelo em cachorro;
  • Coceira excessiva;
  • Crostas na derme;
  • Descamação;
  • Pápulas (semelhantes a pequenos caroços);
  • Abcessos;
  • Pústulas (semelhantes a espinhas);
  • Vermelhidão;
  • Lambidas ou mordidas na região afetada, dentre outros.

Reforçamos que diante de qualquer alteração no comportamento ou no físico do seu pet, é importante consultar um médico veterinário o mais breve possível, para que ele possa realizar o diagnóstico correto e dar início ao tratamento mais adequado. 

Piodermite canina: tratamento

Realizado o diagnóstico por meio de exames clínicos e laboratoriais, como identificação das lesões, hemogramas, antibiograma, citologias, culturas, exame parasitológico e ou biópsia, o médico veterinário determinará como tratar a piodermite canina.

O tratamento é feito por meio do uso de antibióticos, corticóides e produtos antissépticos. Além desses medicamentos, outros podem ser indicados para outras doenças que possam ter dado origem a essa dermatite.

Como tratamento para casos recorrentes, também podem ser indicados pelo veterinário, o uso contínuo de pomada para piodermite e de outros produtos como spray ou shampoo para piodermite canina.

Piodermite canina: tratamento caseiro 

Tratamentos caseiros não são indicados, por mais que você queira ajudar o seu amiguinho. Não medique seu cão sem a orientação de um veterinário especializado em dermatologia. 

Essa iniciativa pode até agravar a doença e trazer ainda mais problemas.

Piodermite canina pode matar?

A boa notícia é que, realizado o tratamento correto, a piodermite canina tem cura.

Então, na dúvida sobre qual o melhor remédio para piodermite canina, leve o pet para uma consulta veterinária e siga todas as recomendações quanto ao tratamento. 

E, precisando de ajuda, conte com a Inova e com a nossa equipe de veterinárias especializadas em dermatologia para te auxiliar. Agende uma consulta hoje mesmo e leve mais qualidade de vida para o seu amiguinho!

Leia também: