fbpx

Hospital Veterinário 24h

Resultados de Exames

7 dicas para tratar queda de pelo de cachorro

Seu amiguinho está soltando muito pelo? Saiba que, na maioria das vezes, esse é um processo natural, podendo ser completamente normal. Porém, existem algumas dicas que podem te ajudar a diminuir esse problema. Entenda tudo sobre queda de pelo: cachorro no post de hoje! Queda de pelo em cachorro: quando vira um problema? A queda de pelo de cachorro costuma ser um processo natural, devido à troca de pelos, que ocorre com maior intensidade em estações como o verão e o inverno. Ela acontece em todos os cachorros que possuem pelos e se você quer saber quanto tempo dura a queda de pelos dos cachorros, saiba que ela tem uma duração de cerca de um mês, podendo variar. Portanto, se você notou que a queda é controlada e não vem acompanhada de outros sintomas, não é necessário se preocupar. Porém, se essa queda traz à tona outros sintomas, como o seu cachorro com feridas e também queda de pelo, lesões na pele e descamação, é necessário investigar com a ajuda de um médico veterinário, pois pode se tratar de um problema de saúde mais sério, como a dermatite em cachorro ou a doença do carrapato. As quedas de pelos assimétricas, ou seja, apenas em uma parte específica do corpo (queda de pelo localizada no cachorro), geralmente são causadas por parasitas. Já as quedas simétricas, que acontecem por todo o corpo, geralmente são ocasionadas por problemas hormonais no animal. Geralmente as quedas estão relacionadas com micoses, infecções de pele, estresse, sarna e alergias. Caso seu cão esteja com uma queda de pelo não natural, procure um veterinário o mais rápido possível, pois essa queda pode ser apenas um sintoma de outro problema maior, que precisa ser diagnosticado e tratado. Entenda a importância dos pelos nos cães Os pelos são responsáveis por proteger a pele e manter a temperatura corporal ideal dos pets. Portanto, tosas radicais podem fazer o seu amiguinho ficar com frio! Portanto, é necessário respeitar as características de pelagem e perceber os momentos de troca de pelos. Como diminuir a queda de pelo do cachorro? Se você identificou que a queda de pelo no seu pet é natural, e quer saber o que é bom para queda de pelo de cachorro, separamos algumas dicas para te ajudar a tratar e diminuí-la. Vale lembrar que essa queda de pelo no cachorro é irreversível, natural, mas você pode tomar alguns cuidados para amenizar a situação, pois pelos espalhados no chão ou em móveis da casa podem causar incômodo, portanto, caso a queda esteja ocorrendo de forma exagerada, siga estas dicas: 1- Tosa Realizar tosas periódicas ajudam a eliminar um pouco do pelo indesejado em excesso. Só não exagere, como dissemos acima, no inverno os pelos são muito importantes para manter a temperatura do seu pet! 2- Escovação Escovar seu cãozinho todos os dias também ajuda bastante. O pelo cai próximo de você quando estiver escovando, e já fica fácil identificá-lo e descartá-lo. Além de ser um momento muito prazeroso para muitos cães. A dica é escovar sempre na direção do pelo, para remover os que estão soltos e mortos e não ser desagradável para seu amiguinho. 3- Higiene Cuidar da higiene do cachorro é essencial, por isso, recomendamos que dê um banho nele a cada 15 dias, no mínimo, para evitar a umidade corporal em excesso. Você também pode consultar o veterinário e pedir a indicação de um shampoo para queda de pelo de cachorro, se for o caso. 4- Sol Cachorros que vivem em apartamentos e/ou não passeiam com frequência são mais propensos a sofrer com queda de pelos. Então, lembre-se de deixar um cantinho na sua casa ou apartamento para que ele possa pegar um pouco de sol e também levá-lo para passear em horários agradáveis com iluminação solar. A atividade física é muito importante para a saúde geral do seu amiguinho. 5- Alimentação Uma das causas da troca de pelo demasiada é a má alimentação do animal. Por isso, a ração deve conter todos os nutrientes necessários para a dieta do seu cachorro. Um veterinário de confiança poderá recomendar uma ração para queda de pelo cachorro, além de vitamina para queda de pelo de cachorro, se for necessário suplementar. Como sempre recomendamos, se o seu pet passa regularmente por consultas de rotina, o veterinário terá um histórico do seu pet e também fará orientações de rotina em relação à alimentação nas mais diversas fases da vida do seu pet. 6- Entenda os sinais Se o seu cachorro está se coçando além do normal, com a pele descamada ou com feridas, analise-o para ver se não está com pulgas ou carrapatos. Caso encontre a presença de ectoparasitas será necessário combater a infestação. Esta pode ser uma causa para a queda de pelos que pode se transformar em um problema maior futuramente. Portanto, consulte um veterinário o mais rápido possível, já que ele saberá tratar o problema e saberá indicar um remédio para queda de pelo de cachorro, se for o caso. 7- Faça check ups periódicos Não se esqueça das consultas periódicas ao veterinário! E olha, não vale consultá-lo somente diante de um problema, viu? Os check-ups servem para prevenir muitos problemas e trazer qualidade de vida para o seu amiguinho! Também vale lembrar da importância de manter os remédios de pulgas e carrapatos em dia, já que esse é um dos problemas que podem causar a queda de pelo do cachorro. Ah, e vamos reforçar mais uma orientação, não procure na internet por remédios caseiros para parar a queda de pelo, algumas misturas podem ser tóxicas e prejudicar a saúde do seu cachorro. Temos certeza de que não é isso que você quer, não é mesmo?! Diante de qualquer sinal de mudança, conte com nossos especialistas para cuidarem do seu pet da melhor maneira! Agende uma visita hoje mesmo! Leia mais: câncer em cachorro tem cura?

Seu amiguinho está soltando muito pelo?

Saiba que, na maioria das vezes, esse é um processo natural, podendo ser completamente normal.

Porém, existem algumas dicas que podem te ajudar a diminuir esse problema. Entenda tudo sobre queda de pelo: cachorro no post de hoje!

Queda de pelo em cachorro: quando vira um problema?

A queda de pelo de cachorro costuma ser um processo natural, devido à troca de pelos, que ocorre com maior intensidade em estações como o verão e o inverno. 

Ela acontece em todos os cachorros que possuem pelos e se você quer saber quanto tempo dura a queda de pelos dos cachorros, saiba que ela tem uma duração de cerca de um mês, podendo variar.

Portanto, se você notou que a queda é controlada e não vem acompanhada de outros sintomas, não é necessário se preocupar. 

Porém, se essa queda traz à tona outros sintomas, como o seu cachorro com feridas e também queda de pelo, lesões na pele e descamação, é necessário investigar com a ajuda de um médico veterinário, pois pode se tratar de um problema de saúde mais sério, como a dermatite em cachorro ou a doença do carrapato.

As quedas de pelos assimétricas, ou seja, apenas em uma parte específica do corpo (queda de pelo localizada no cachorro), geralmente são causadas por parasitas. Já as quedas simétricas, que acontecem por todo o corpo, geralmente são ocasionadas por problemas hormonais no animal. 

Geralmente as quedas estão relacionadas com micoses, infecções de pele, estresse, sarna e alergias.

Caso seu cão esteja com uma queda de pelo não natural, procure um veterinário o mais rápido possível, pois essa queda pode ser apenas um sintoma de outro problema maior, que precisa ser diagnosticado e tratado.

Entenda a importância dos pelos nos cães

Os pelos são responsáveis por proteger a pele e manter a temperatura corporal ideal dos pets. Portanto, tosas radicais podem fazer o seu amiguinho ficar com frio!

Portanto, é necessário respeitar as características de pelagem e perceber os momentos de troca de pelos.

Como diminuir a queda de pelo do cachorro?

Se você identificou que a queda de pelo no seu pet é natural, e quer saber o que é bom para queda de pelo de cachorro, separamos algumas dicas para te ajudar a tratar e diminuí-la. 

Vale lembrar que essa queda de pelo no cachorro é irreversível, natural, mas você pode tomar alguns cuidados para amenizar a situação, pois pelos espalhados no chão ou em móveis da casa podem causar incômodo, portanto, caso a queda esteja ocorrendo de forma exagerada, siga estas dicas:

1- Tosa

Realizar tosas periódicas ajudam a eliminar um pouco do pelo indesejado em excesso. 

Só não exagere, como dissemos acima, no inverno os pelos são muito importantes para manter a temperatura do seu pet!

2- Escovação

Escovar seu cãozinho todos os dias também ajuda bastante. O pelo cai próximo de você quando estiver escovando, e já fica fácil identificá-lo e descartá-lo. Além de ser um momento muito prazeroso para muitos cães. 

A dica é escovar sempre na direção do pelo, para remover os que estão soltos e mortos e não ser desagradável para seu amiguinho.

3- Higiene

Cuidar da higiene do cachorro é essencial, por isso, recomendamos que dê um banho nele a cada 15 dias, no mínimo, para evitar a umidade corporal em excesso.

Você também pode consultar o veterinário e pedir a indicação de um shampoo para queda de pelo de cachorro, se for o caso.

4- Sol

Cachorros que vivem em apartamentos e/ou não passeiam com frequência são mais propensos a sofrer com queda de pelos. 

Então, lembre-se de deixar um cantinho na sua casa ou apartamento para que ele possa pegar um pouco de sol e também levá-lo para passear em horários agradáveis com iluminação solar. 

A atividade física é muito importante para a saúde geral do seu amiguinho.

5- Alimentação

Uma das causas da troca de pelo demasiada é a má alimentação do animal. Por isso, a ração deve conter todos os nutrientes necessários para a dieta do seu cachorro.

Um veterinário de confiança poderá recomendar uma ração para queda de pelo cachorro, além de vitamina para queda de pelo de cachorro, se for necessário suplementar. Como sempre recomendamos, se o seu pet passa regularmente por consultas de rotina, o veterinário terá um histórico do seu pet e também fará orientações de rotina em relação à alimentação nas mais diversas fases da vida do seu pet.

6- Entenda os sinais

Se o seu cachorro está se coçando além do normal, com a pele descamada ou com feridas, analise-o para ver se não está com pulgas ou carrapatos. Caso encontre a presença de ectoparasitas será necessário combater a infestação. 

Esta pode ser uma causa para a queda de pelos que pode se transformar em um problema maior futuramente. Portanto, consulte um veterinário o mais rápido possível, já que ele saberá tratar o problema e saberá indicar um remédio para queda de pelo de cachorro, se for o caso.

7- Faça check ups periódicos

Não se esqueça das consultas periódicas ao veterinário! 

E olha, não vale consultá-lo somente diante de um problema, viu? Os check-ups servem para prevenir muitos problemas e trazer qualidade de vida para o seu amiguinho!

Também vale lembrar da importância de manter os remédios de pulgas e carrapatos em dia, já que esse é um dos problemas que podem causar a queda de pelo do cachorro. Ah, e vamos reforçar mais uma orientação, não procure na internet por remédios caseiros para parar a queda de pelo, algumas misturas podem ser tóxicas e prejudicar a saúde do seu cachorro. Temos certeza de que não é isso que você quer, não é mesmo?!

Diante de qualquer sinal de mudança, conte com nossos especialistas para cuidarem do seu pet da melhor maneira! 

Agende uma consulta!

Leia mais: câncer em cachorro tem cura?

Você sabe quais os petiscos podem ser ofertados aos pets e quais são alimentos proibidos para eles?  Baixe nosso material e entenda o que você pode dar para o seu pet comer, por que cães e gatos tem necessidades nutricionais diferentes e outras informações muito importantes para a saúde do seu animalzinho.